Hino de Embu das Artes

I
Embu, terra das Artes
O "slogan" que ostentas é real
Pois verdadeiramente´
És um mostruário artesanal
Tu és um livro aberto
Em que os artistas
Um a um vêm rubricar
E os teus filhos se orgulham de ti
Saudades levam, os que passam por aqui.

II
És um poema, entre o verde e o céu de anil
Tens as noites calmas, cheias de encantos mil
A tua história é um rosário de diamantes
A demarcar os limites circundantes
Ainda é, dos namorados o jardim.
Tens progresso e glória, natureza, tudo enfim
No entardecer a brisa desce com seu véu
Tu és aqui na terra, um pedacinho lá do céu.

Refrão
Cidade hospitaleira
Onde há paz e amor
Recebe a todos com carinho
Em seu seio acolhedor

III
Embu, como eu seria
Tão feliz se eu pudesse falar mais
Da tua linda história
Lendas e belezas naturais
Mas não tenho palavras
Para expressar tudo que sinto em "Tom Maior"
Porém eu posso afirmar que tu és
Das estâncias de Turismo a melhor.


Letra e Música: Armando Vigidal
 

oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo