31.07.2017
Cobrança
Moradores fazem protesto contra taxa de lixo em Embu das Artes
compartilhe
Da Redação do Portal O Taboanense

Moradores e lideranças políticas realizaram na manhã deste domingo, dia 30, uma manifestação em frente a prefeitura de Embu das Artes contra a cobrança da taxa de lixo, que foi anunciada na última semana. Uma nova manifestação está prevista para a quarta-feira, dia 2, na Câmara Municipal, que volta do recesso.

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, assinou um decreto autorizando a cobrança já neste ano. O contribuinte irá pagar, em 2017, o valor de R$ 174,35, valor referente aos meses de agosto a dezembro. Em 2018 a taxa será cobrada no início do ano, a expectativa é que a taxa passe de R$ 418.

Manifestação em Embu das Artes contra a cobrança da taxa do lixo terá novo protesto no dia 2, na Câmara Municipal | Reprodução

Os manifestantes se reuniram em frente a prefeitura e em seguida foram até a feira de artesanato, onde protestaram gritando palavras de ordem. Moradores levaram cartazes, muitos usavam nariz de palhaço. “É assim que eu estou me sentindo”, ironizou um morador nas redes sociais.

A manifestação chamou a atenção de moradores e turistas que curtiam o domingo nos abres e restaurantes. Aos gritos de “saúde e educação, taxa de lixo não” e “eu não vou pagar”, o protesto fez barulho nas quase duas horas de reunião.

A vereadora Rosângela Santos havia dito ao Portal O Taboanense que tentaria proibir a cobrança com uma ação na justiça. “O código tributário fala da taxa, mas ela precisa ser regulamentada. Conversei com advogados e me disseram que não poderia ser feito através de decreto. Então vamos atrás, tentar barrar através de um mandato de segurança porque esse é um decreto, não houve discussão nenhuma com a população”, afirmou.

Um dia antes, o prefeito Ney Santos reuniu diversos funcionários públicos e moradores, além de lideranças políticas e até vereadores, para falar sobre o início da cobrança. Nas redes sociais, o prefeito repete o mantra que a cobrança é “um remédio amargo” e tenta vincular a taxa ao ex-prefeito Geraldo Cruz.

noticias relacionadas

O secretário de comunicação, Jones Donizette afirma que Embu das Artes tem uma dívida de R$ 257 milhões e só a empresa do lixo tem R$ 45 milhões para receber da prefeitura. “Chegamos a um momento crucial, ou você toma o remédio amargo ou você morre. Não teve outra solução”.

Apesar das tentativas de reverter a avalanche de críticas sofridas por Ney Santos utilizando vídeos postados no Facebook e enviados pelo WhatsApp, até agora a repercussão da cobrança da taxa foi a pior possível, abalando um governo que já começou com dificuldades.

 

comentários
  • Leandro Gildasio
    Embu, J d s t a Luzia
    Realmente é um absurdo a cobrança dessa taxa, os valores arrecadados se quer vão voltar de uma forma benéfica para a sociedade, ao invés de cobrar taxa porque não investir em uma coleta seletiva eficaz e concientizar a população a separar e dispor adequadamente do lixo....tenho certeza que iria diminuir e muito os serviços prestados por essa empresa.
  • Gabriela
    Embu das Artes, JDNSFátima
    Francamente taxa de lixo , isso é um absurdo agora vamos trabalhar para pagar lixo ? Já calcularam quanto isso vai dar ? E quando aumentar o valor ? Vocês que fizeram esse arrombo em Embu das Artes agora que concertem vocês . #Embuterradengm
  • Vanice Moraes
    Embu, Jd Santa Teresa
    Não tenho condições de pagar mais nada na minha vida, prefeito louco, que raiva
  • Adagis pereira
    Embu das artes, Jardim Fabiana
    Taxa de lixo como muitas outras ,o povo já paga junto ao IPTU anual
  • manuel
    Embu, Vila Olinda
    A atual situação esta assim devido a gestão anterior e do atual prefeito. Pois no outro mandato ele era presidente da camará, sabia tudo que acontecia na prefeitura e porque não deu jeito? Agora fica jogando a culpa nos outros. Acorda população.
deixe seu comentário
Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer site. Com eles, os internautas podem ampliar o debate, complementar as notícias publicadas e tecer críticas e elogios. Por isso não queremos transformar esse espaço em palanque, nem contra e nem a favor. Nós não publicamos comentários com palavrões ou agressões gratuitas, comentários fora do assunto ou com auto-propaganda ou propaganda de terceiros. O Portal O Taboanense reserva-se o direito de, independentemente de qualquer aviso ao autor, EXCLUIR qualquer comentário que, a seu exclusivo critério, considere ofensivo ao seu pessoal ou a qualquer terceiro, bem como a bloquear o acesso de qualquer usuário ao espaço de comentários, caso julgue necessário. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal O Taboanense. Os autores dos comentários são civil e criminalmente responsáveis por publicar qualquer conteúdo que viole a lei (incluindo crimes contra a honra, ameaça, preconceito e discriminação).
Por favor aguarde, enviando comentário.
Comentário enviado com sucesso. Obrigado.
oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo