12.01.2017
Região
Justiça suspende reajuste da tarifa dos ônibus intermunicipais
compartilhe
Da Redação do Portal O Taboanense

Com informações da Agência Brasil

A justiça de São Paulo suspendeu nesta quarta-feira, dia 11, o aumento das passagens de todas as linhas de ônibus intermunicipais administrados pela Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU). A decisão faz com que a tarifas dos ônibus intermunicipais de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Juquitiba, São Lourenço da Serra, Vargem Grande Paulista e Cotia voltem ao mesmo valor do ano passado. Ainda cabe recurso da decisão.

A suspensão foi uma determinação da juíza Simone Viegas de Moraes Leme, da 15ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça de São Paulo. Na decisão, a juíza disse que a razão para o aumento “não está detalhado tecnicamente, o que impede a análise de sua pertinência e, ademais, supera, sem explicação, os índices inflacionários”.

Reajuste para o transporte intermunicipal da região foi de 6,65%; EMTU irá recorrer da suspensão | Arquivo

As tarifas dos ônibus intermunicipais haviam sido reajustadas no domingo, dia 8, em 6,65% na área do Conisud. A notícia não agradou os usuários, que reclamaram e criticaram dos transportes públicos. “Os ônibus são velhos, sujos, às vezes encontramos até baratas. Os intervalos entre os ônibus são enormes, esse aumento é um absurdo. Não há melhorias, então nada justifica”, disparou o auxiliar administrativo José Carlos Martins Silva (25), morador do Jd. Santa Cruz, em Taboão da Serra.

Para a moradora do Jd. Santa Tereza, em Embu das Artes, Mariana Ferreira (31), o “serviço fornecido pela Pirajuçara é ruim, muito ruim, não há motivos para esse aumento. Eu trabalho no Itaim, vou ter que gastar R$ 10,50 por dia. Essa linha vive lotada, poucos ônibus, fica muito difícil não reclamar desse aumento”, disse.

Na tarde de terça-feira, dia 10, o presidente do Tribunal de Justiça Paulo de São Paulo, Paulo Dimas, decidiu suspender o aumento na integração (ônibus+trilhos) do transporte público em São Paulo que estava em vigor desde domingo (8). Com essa decisão, a Secretaria Estadual de Transportes notificou, na noite de ontem, o Metrô, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), a EMTU e a SPTrans, empresa gestora do Bilhete Único, para que as tarifas de integração fossem alteradas ao valor que era praticado antes do aumento.

No caso da EMTU, a secretaria já havia determinado ontem que a empresa voltasse a cobrar o preço anterior no caso das linhas de ônibus intermunicipais da área 5 da região metropolitana (que corresponde ao ABC) e, a partir de sexta-feira (13), também nas linhas das regiões metropolitanas de Sorocaba, Vale do Paraíba e Litoral Norte.

No entanto, a secretaria não abaixou o preço das passagens nas regiões metropolitanas de Campinas, Baixada Santista, as áreas 1,2,3,4 e o corredor ABD da região metropolitana de São Paulo, pois, de acordo com a secretaria, não estavam incluídas na determinação de ontem do tribunal. Porém com a decisão de hoje, da juíza Simone Viegas de Moraes Leme, a secretaria será obrigada a abaixar o preço de todas as passagens da EMTU.

Por meio de nota, a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) informou que tomou conhecimento da ampliação da liminar, mas que ainda não foi notificada. "A STM não foi citada ainda e tomará todas as medidas necessárias para cumprimento da decisão", disse.

Segundo a secretaria, a extensão da liminar abrange os reajustes aplicados nas tarifas da EMTU em sete contratos de concessão nas regiões de São Paulo (áreas 1,2,3,4 e Corredor ABD), Baixada Santista (inclusive o VLT) e Campinas.

“A STM reafirma que o atendimento da ordem liminar impacta financeiramente, de forma drástica e prejudicial, o sistema de transporte e o orçamento do governo do estado. Se mantida a decisão, causará um impacto financeiro de mais R$ 212 milhões em 2017, além dos R$220 milhões envolvendo Metrô, CPTM e permissionárias da EMTU”, diz a nota.

 

comentários
  • Livio Moreira
    18, Santa Emília
    Sugiro que o povão faça um APÉZAÇO para protestar contra essas porcarias de empresas intermunicipais de onibus. Todo mundo num dia evitando pegar bus e andar a pé de casa para o trabalho, naquilo que puder fazer.
  • MARIA LUCIA
    taboão da serra, trianon
    olá boa tarde?acho que em vez de aumenta as passagem deveriam fazer melhorias,pois aqui não tem ônibus, Aqui só tem onibus pra pinheiros,itaim bibi e hospital das clinicas,qualquer outro lugar que vamos tem que pega 2 e não faz integração pra outros onibus deveriam pensar nisso,na estrada das olarias só passa metro campo limpo,e mesmo assim tem um tal de jd salete que coloram pra ajuda a população só que só passa de hora em hora,finais de semana e feriado não tem,isso é uma vergonha.
  • Juyce
    Taboão da Serra, Panorama
    Muita gente reclamando do transporte público na tem que pagar E outra Nhita gente reclamando sendo que quem paga é a empresa Vão trabalhar a pé E não paguem a passagem Simples assim
  • Jessica
    Embu , Jardim santa Emília
    E um absurdo o valor da passagem! A linha. 128 jd do colégio os ônibus demoram muito para passar, são todos ônibus velhos e sem cobradores! A tarifa esta. 5.15 É uma falta de respeito com a população A viação. Miracatiba só tem ônibus velho!
  • veronica
    taboao da serra, jardim elizabete
    É um absurdo ter que pagar esse preço e ainda andar num onibus lotado onde as pessoas chefam ate se agredir e ficou pior quando passou a linha 033 para ir pela Eliseu de almeida e quem vai pra francisco morato tem só a 032 de opção é uma falta de gerenciamento que vou te contar da EMTU
  • eliana de souza
    tabão da serra, são juda
    e um abesudo para que trabalhadores
  • Marileide dos Santos
    EMBU DAS ARTES, Vila Isis Cristina
    Boa tarde a todos ,Realmente estes ônibus é um lixo da Pirajuçara todos sujos, velhos faz vergonha da sujeira com baratas ,Par cobrar tão caro a passagem ,trabalho no Itaim bibi e vou em Pe até onde trabalho pq os ônibus demora de mais ,final de semana ne se fala pq é de duas em duas horas quando passa,E uma pouca vergonha não é justo que pagamos tão cara a passagem par andar no lixo,muitas vez vc pega o ônibus anda dois pontos e já quebra.e um verdadeiro absurdo..
  • Alex moraesss
    Itapecerica da Serra, santa julia
    essa empresa não presta e ainda quer aumentar a passagem , isso e uma falta de respeito com a população . precisamos de melhorias . so tem ônibus quebrado , sujo , e para piorar sem cobrador . agora esse reajuste não pode acontecer sem antes eles arrumarem essa bagunça e colocar mais onibus na linda e não deixar a gente esperando uma hora no ponto .
  • Welbi Maia Brito
    São Paulo, Consolação
    A Justiça paulista parece que perdeu seu foco. Após uma ação da bancado do PT na Alesp, decidiu determinar os valores das tarifas dos transportes públicos. Atribuição que é por lei do Executivo. Com isso, de forma irresponsável e para atender a um pedido político do PT, o judiciário desorganiza as contas públicas do governo de SP e que pode prejudicar todos os serviços públicos prestados pelo Estado.
deixe seu comentário
Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer site. Com eles, os internautas podem ampliar o debate, complementar as notícias publicadas e tecer críticas e elogios. Por isso não queremos transformar esse espaço em palanque, nem contra e nem a favor. Nós não publicamos comentários com palavrões ou agressões gratuitas, comentários fora do assunto ou com auto-propaganda ou propaganda de terceiros. O Portal O Taboanense reserva-se o direito de, independentemente de qualquer aviso ao autor, EXCLUIR qualquer comentário que, a seu exclusivo critério, considere ofensivo ao seu pessoal ou a qualquer terceiro, bem como a bloquear o acesso de qualquer usuário ao espaço de comentários, caso julgue necessário. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal O Taboanense. Os autores dos comentários são civil e criminalmente responsáveis por publicar qualquer conteúdo que viole a lei (incluindo crimes contra a honra, ameaça, preconceito e discriminação).
Por favor aguarde, enviando comentário.
Comentário enviado com sucesso. Obrigado.
oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo